Em 30 de junho de 1974 realizou-se no auditório da Rádio Brasil de Tupi Paulista, uma assembleia de comerciantes e industriais, para tratar da fundação e constituição da Associação Comercial e Industrial de Tupi Paulista.

Foi constituída uma mesa provisória para dar início aos trabalhos, a qual ficou assim constituída: Presidente – Adel Arbid, Secretários – Antonio Esteves e José Coser Neto.

Participaram nesta data, conforme livro de presença, 34 pessoas entre comerciantes, industriais e contadores.

Após o sr. presidente fazer uma explanação sobre o que vinha a ser a Associação Comercial e Industrial, expondo a vantagem de a ter na cidade, pôs em votação os membros que iriam constituir a Diretoria e Conselho Consultivo. A primeira diretoria foi constituída da seguinte forma Presidente: Adel Arbid, Vice Presidente: Américo Lino Santana, 1º Secretário: Antonio Esteves Andreu, 2º Secretário: José Coser Neto, 1º Tesoureiro: Emanuel Francisco Leite, 2º Tesoureiro: Luiz Carlos Ernesto, 1º Diretor s/ Pasta: José Seifuko Gibo, 2º Diretor s/ Pasta: Sergio Ruben Benetti.

A então denominada Associação Comercial e industrial de Tupi Paulista, constituiu-se nesta cidade, onde fica sua sede, e instituiu por objetivos:

a) – Pugnar pelos interesses da classe junto as repartições públicas federais, estatuais e municipais;
b) – Desenvolver entre os sócios o espírito de solidariedade;
c) – Uni-los sempre pelos mesmos laços de interesse na defesa da classe perante o Executivo e Legislativo, federal, estadual e municipal.
d) – Promover reuniões de pessoas, associadas ou não que, por qualquer forma, estejam empenhados em debater assuntos de interesse da classe, e em concordatas e falências, para em comum resolverem o assunto de maneira que consulte seus interesses;
e) – Procurar dirimir amigavelmente questões por ventura surgidas entre as classes que representa seus associados;
f) – Resolver quaisquer questões de caráter comercial ou industrial, desde que as partes interessadas se comprometam por escrito a respeitar a decisão arbitral proferida pelo juízo, de acordo com as leis vigentes;
g) – Pugnar pelo progresso da cidade e do município de Tupi Paulista.

Fonte: Ata da Assembleia Realizada em 30 de junho de 1974.

Falar com Atendente